sábado, 19 de novembro de 2011

DA, PELA E COM A MULHER... SEMPRE!

Este fragmento textual abaixo é, digamos, um aperitivo do que se pretende publicar com mais rigor e um pouco mais de cientificidade sobre as conquistas da mulher ao longo da história.

"Com as mãos sujas de carvão, na cozinha, accendendo o fogo para fazer o almoço do marido, cosendo-lhe a roupa, ammamentando os filhos, varrendo a casa ou enterpretando Chopin; pintando uma aquaralla ou amarrando um bouquet, a mulher tem sempre a mesma poesia: a de trabalhar para ser agradavel, util, bôa, para satisfazer uma necessidade moral ou intelectual do esposo e da familia, revelando-se amorosa e digna do doce e pesado encargo que a sociedade lhe destinou."
(ALMEIDA, Julia Lopes de.(Do livro das noivas)- A Mensageira: revista literaria dedicada a mulher brazileira - 1897, N. 1, p. 14.)

Técnicas de elaboração de artigo científico

Postagens populares